Prefeitura Municipal de Bandeirantes - Paraná

Bandeirantes ganha quatro cidadãos honorários

E-mail Imprimir PDF
A Prefeitura e a Câmara de Vereadores de Bandeirantes realizaram na noite de segunda-feira (26), no Centro Cultural Takiko Hasegawa, Praça Valderi Vilela, entrega de títulos de Cidadão Honorário a personalidades destaques e de reconhecimento a relevantes serviços prestados à comunidade bandeirantense.

Entre os quatro homenageados, o desportista e campeão mundial da Copa de 1958 Nilton De Sordi, e os outros três são professores da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná), Silvestre Bellettine, Luiz Carlos Reis e Maria Apparecida Valerio. Na sessão solene, prestigiaram o evento autoridades municipais, lideranças políticas, comunitárias e familiares dos cidadãos honorários.

Nilton De Sordi, hoje com 81 anos, nascido em Piracicaba/SP, foi destacado jogador brasileiro na Copa do Mundo de 1958, na Suécia, competição que trouxe o primeiro título para o Brasil. Passou pelo XV de Piracicaba, quando fez parte do grupo que, pela primeira vez, levou uma equipe do interior à primeira divisão estadual, em 1949. De Sordi foi um lateral direito que tinha na regularidade a sua maior característica. Desde que chegou ao São Paulo, no dia 1º de janeiro de 1952, aos 18 anos, até o fim. Quarto atleta que mais vestiu a camisa do São Paulo (501 partidas), De Sordi conquistou o título do Paulista dos anos de 1953 e 1957. Com o nome assegurado na galeria dos grandes ídolos do Tricolor paulista. Encerrou a carreira como jogador no dia 16 de julho de 1965 no time do Morumbi e em seguida instalou-se em Bandeirantes como treinador e supervisor do União Bandeirante até 1992.

Silvestre Bellettine, nascido em Jacinto Machado/SC, tem 58 anos, é engenheiro agrônomo formado pela FFALM (Fundação Faculdade de Agronomia Luiz Meneghel, hoje UENP), é especialista em Fitotecnia pela UFLA (Universidade Federal de Lavras/MG), é mestre em Fitotecnia pela USP (Universidade de São Paulo) e doutor em Agricultura pela Unesp (Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquista Filho). É docente da FFALM/UENP desde 1979. Foi chefe de Departamento de Fitotecnia, e também diretor da FFALM, além assumir cargo na administração pública como secretário da Agricultura de Bandeirantes, na gestão do ex-prefeito Alécio Zambone Neto.

Luiz Carlos Reis, natural de Jundiaí do Sul, graduado em Engenharia Agronômica pela FFALM, mestre e doutor em Agronomia pela UEL (Universidade Estadual de Londrina), atuando principalmente nos temas de Topografia, áreas de Preservação Permanente e de Reserva Legal, Geoprocessamento, Perícias e Avaliações, Solos. É professor de Topografia desde 1975 no curso de Agronomia pela FFALM (Fundação Faculdade de Agronomia Luiz Meneghel, hoje UENP), foi chefe de departamento de Engenharia e Economia Rural, diretor e vice da FFALM, e também atuou como secretário da Agricultura do Município na gestão do ex-prefeito Lino Martins e presidente do Conselho Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

Maria Apparecida Valerio, natural da cidade de Piracicaba/SP, graduada em Engenharia Agronômica pela ESALQ (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz- USP) e com licenciatura em Técnicas Agrícolas pela Faculdade de Educação da USP/Piracicaba. É mestre em Experimentação e Estatística pela ESALQ. Atua como docente na FFALM/UENP desde 1973, é diretora de pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação e presidente da Comissão de Pesquisa da FFALM (Codep), gerenciamento das pesquisas desenvolvidas pelos docentes e alunos.




 
Navegando em: Principal
PMB

Últimos Atos Oficiais

Mais clicadas